Um pouco de JAVA para web! Fuja antes que seja tarde!

Já se foi mais de um ano, eu sei que já disse, e minha vida de programador cof! cof! cof! JAVA tem sido bastante complicada, não porque a linguagem é ruim. Esta bem eu desisto a linguagem é muito ruim!

Vou tentar explicar o meu pequeno dilema: Quando eu cheguei aqui foi uma obrigação abraçar um projeto em JAVA para web, devo dizer que eu tentei lutar com todas as forças mas como vocês sabem bem recém chegado novinho ninguém se importa muito com a sua opinião.

Resumidamente é um projeto gigante para uso real-time em Unidades de Pronto Atendimentos e Unidades Básica de Saúde, foi proposital respectivamente UPA e UBS, envolvendo agendamentos, controles e milhões de coisas… pensa nisso rodando web e JAVA, pois bem ruim sim mas também é possível encontrar coisas boas nisso.

Voltando no inicio eu queria muito ter trocado a linguagem para PHP ou Python mas não foi dessa vez, hoje até cogitaria trocar para node.js mas sonho meu a parte, os problemas começaram quando toda a estrutura se mostrou mais complexa do que eu podia imaginar, no JAVA são camadas e camadas de pura maldade, qualquer movimento em falso e uma camada te engole no programa. Inúmeros framewors são necessários pra pasmem ter uma requisição web simples (get), imagina as ideia do JAVA de transportar objetos pela web e manter estado de aplicação desktop. De maneira educada deve ter no mínimo sério sem brincadeira alguma, 20 camadas explicitas no projeto, sem contar as próprias camadas na aplicação aquele famoso MVC e o mais famigerado RN.

Há também um problema com servidores, um servidor de aplicação JAVA, aqui usamos o JBOSS AS que deve mudar uma hora ou outra para a nova versão mas isso é outra historia, é quase impossível uma configuração legal nesse servidor sem que você tenha que negociar no mercado negro. Quem dera fosse fácil como o APACHE para ser configurado.

Pra não criar resenha demais nesse texto devo dizer apenas uma coisa, JAVA pode ser bom pra muitas coisas, mas pra web ele não nasceu isso é certeza. Se você meu caro camarada tiver a opção viável de usar qualquer, digo de novo QUALQUER outra linguagem use.

PS.: Devo dizer antes que vire o caos aqui  nos comentário que eu nunca, é nunca, gostei de JAVA pois acho a linguagem muito rebuscada pra fazer absolutamente nada, e a web é um lugar onde precisamos de “liberdade” e não complicações. Eu programo feliz até encontrar um próximo entrave técnico, onde nem a documentação oficial pode me ajudar mas fazer o que tem coisas que a gente não escolhe só faz o melhor para a aplicação e para a insanidade mental rsrsrs. Vou buscar escrever algo que “ajude” pessoas confiantes que tentam utilizar-se do JAVA para web, pra vocês que tentam isso: meus pêsames!

 

10 comentários sobre “Um pouco de JAVA para web! Fuja antes que seja tarde!”

  1. Rsrsrsrsss… muito engraçado o seu post! E aí Diego! Tudo bem com você? ……… não defendendo o pobre Java … mas será que o sistema em que trabalha está bem projetado? modularizado? usando padrões corretos?

    Sei que adora PHP e não gosta muito do mundo Java, mas já ví muitas pessoas se desmotivarem deste mundo porque começam com um case de trabalho bem mal feito …. sei lá!

    Abraço ….

    1. Que honra um professor lendo meus posts, pois é comigo esta tudo bem sim!
      É realmente só entre nós sim esta mal projetado e hoje é quase impossível refazer então tem que ir levando aos poucos. O post era pra ser realmente mais engraçado e tentar passar uma ideia do que vinha acontecendo. Hoje já estou menos chateado com a obrigatoriedade do uso do Java no projeto acho que já acostumei.

    2. Rogerio, ah foi um poste pra descontrair, realmente não gosto do JAVA, mas posso dizer que meu case é muito ruim! Demorei pra responder né, enfim da um pouco mal projetado as bibliotecas são de dificil interação e os frameworks estão se chocando bastante talvez isso tenha causado mais desgosto… sonho poder achar um jeito de ter tudo que precisa eliminando alguns frameworks e bibliotecas.

      Você saberia indicar um bom caminho para aplicações web/jboss ?

  2. Eu concordo com numero genero e grau com voce, java so serve pra brincar de buffer overflow. Eu nao gosto de java porque meus professores da faculdade dizem que java resolve tudo, e sinceramente isso nao eh verdade. Cada projeto tem seus requisitos, logo java nao resolve tudo. Em contrapartida eles nao gostam quando eu pergunto o motivo de darem o nome de java a todo homem das cavernas descoberto. Por falar nisso o mais recente acidente aereo nao aconteceu no mar de java? KKkkkk

    1. You write: We don’t really have a proverb for this concept, but we do for the opptoise: “out of sight, out of mind”.We actually do have such a proverb: You cannot manage what you cannot measure.

    2. This is the proper Windowssystem Blockiert – varieteofideas München blog for anyone who wants to move out out near this theme. You asking so often its nigh exhausting to debate with you (not that I rattling would want…HaHa). You definitely put a new rotate on a content thats been shorthand some for period. Squeamish nonsense, only eager!

  3. Java é igual impressora, funciona até que ninguém coloca a mão, se precisar colocar uma folha e der uma entortadinha trava, se precisar trocar a tinta então… ja era, simplesmente não existem mascaras para as mil caras do java, é um bandido de recurso de qualquer equipamento, no PC o CPU e Memória vão pros quiabos, no celular a bateria não dura mais que 2 horas de uso… java deveria estar aposentado por invalidez faz tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *